A Cidade | Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar – Maranhão
Portal do Servidor

A Cidade

História

O município tem sua ocupação iniciada em 22 de maio de 1625, quando chegou à capital da província do Maranhão, o governador Francisco Coelho de Carvalho, o jesuíta Luís Figueira já possuía uma légua de terra no sítio chamado Anindiba que, por escritura pública, lhe fora doada por Pedro Dias e sua mulher Apolônia Bustamante.

Em virtude da Carta Régia de 11 de junho de 1761, o Governador Joaquim de Melo e Póvoas deslocou-se, no ano seguinte, para aquela povoação e elevou-a à categoria de Vila, como a denominação de Paço do Lumiar, em razão de sua semelhança como uma localidade de idêntica denominação existente na freguesia do Lumiar, nos arrabaldes de Lisboa, Portugal.

No século XX, Paço do Lumiar foi distrito de São Luís, passando logo para o distrito de São José de Ribamar.

Paço do Lumiar tem sua emancipação pela lei n°1890, de 7 de dezembro de 1959. Instalado em 14 de janeiro de 1961, teve como seu primeiro prefeito, o sr. Pedro Ferreira da Cruz.

Geografia

Foi criado a partir do desmembramento do município de São José de Ribamar. É caracterizado por ser uma cidade dormitório. A maioria dos seus quase 100 mil habitantes trabalha em São Luís. Os principais bairros são Maiobão, Maioba, Mocajituba, Iguaíba e Maioba do Mocajituba. O município possui extensas áreas verdes ainda não ocupadas por atividades humanas e é um lugarejo que ainda conserva aspecto de cidadizinha do interior.

Como é cercado de rios e cursos d’aguas, muitos com influencia das mares, ocorre a presença dos mangues que são fontes de renda para parte de sua população, atraves do extrativismo.

Prefeito de Paço do Lumiar

Prefeito de Paço do Lumiar

Prefeito